fbpx
processo de atualização

Por Jen Dyment

Todos nós vimos em primeira mão o impacto que uma pequena atualização ou correção de bug pode ter para melhorar seus fluxos de trabalho diários, desbloquear novas funcionalidades ou resolver um problema crítico que você estiver enfrentando.

A atualização é essencial para manter seus sistemas funcionando de maneira otimizada, corrigindo bugs e capturando valor de inovações desenvolvidas por fornecedores; no entanto, para algumas empresas, leva meses para obter as atualizações de que eles precisam.

Conversando com Olivier Néron da Tulip, ficou claro que esperar alguns meses não é a pior parte de atualizar o MES.

Olivier passou os últimos 25 anos no setor farmacêutico e de biociências, implementando os 5 principais sistemas MES tradicionais. Oliver teve a oportunidade de trabalhar em pequenas e médias empresas (ELAN, Propack-Data e Werum) e grandes corporações (Honeywell, Körber e Rockwell Automation), implementando diversos tipos de sistemas MES como o XFP, PMX, PharmaSuite, POMS/POMSnet e PAS-X.

Neste artigo, exploraremos o custo oculto (infelizmente geralmente aceito) de atualização que impacta o custo total de propriedade das soluções MES. Em seguida, discutiremos a abordagem habilitada por plataformas de aplicativos se necessidade de programação (no-code), como a da Tulip, e as vantagens resultantes.

Antes de mergulharmos nisto, é importante diferenciar entre customização e configuração ao comparar a abordagem MES à nova abordagem com a plataforma sem necessidade de programação (no-code) da Tulip. ‘Customização’ refere-se a alterações de código que um fornecedor ou integrador faz em um produto para fornecer uma solução mais customizada para um cliente. Essas alterações de código afetam a funcionalidade básica. 'Configuração' refere-se a como um cliente configura a funcionalidade existente para criar uma solução mais adaptada para seus processos sem tocar no código. Em ambos os casos, essas mudanças são baseadas nos requisitos do cliente.

A abordagem MES – Customização do produto

A abordagem que os fornecedores de MES adotam para fornecer soluções customizadas a seus clientes é por meio de customizações de produtos através de alterações de código através de programação. De acordo com Olivier e alguns outros veteranos do MES com quem conversamos, essa é uma abordagem padrão. Como veremos, a customização é perfeita e excelente até que o sistema precise ser atualizado.

Atualizações de produtos

Com o software MES (e a maioria dos softwares em geral), você tem a versão do produto principal e, em seguida, as versões de atualizações do produto. A versão do produto principal tem grandes lançamentos de cada 6 meses a um ano, geralmente com grandes novos recursos e atualizações.

As versões de atualizações do produto resultam de uma combinação de recursos e correções de erros (entre 10 e 450). Quando chegar a hora de atualizar para os recursos mais recentes disponíveis com a versão de produto principal, um fornecedor instalará um lote de correções de erros para o cliente na versão ramificada. Isso envolve testes de regressão para garantir que as atualizações não causem problemas.

processo de atualização
Atualizações típicas de produtos MES sem customizações

Nesse cenário, sem customizações, você pode ver que as coisas podem ficar complicadas muito rapidamente, mas um fornecedor de MES pode entregar correções rapidamente em dias ou semanas.

Acrescentar customizações por empresa

Agora vamos aumentar o impacto das customizações. Para cada cliente, um fornecedor criará uma versão copiada do código-fonte do produto e investirá 1.000 horas em adaptações de produto (customizações) para uma solução que satisfaça os requisitos do cliente. Essas customizações são feitas com alterações embutidas no código. Agora o cliente tem uma versão do software customizada que precisa ser validada e implantada.

processo de atualização
Atualizações típicas de produtos MES com customizações

Sempre que uma nova atualização de produto estiver disponível, o representante do fornecedor precisará fornecer um lote específico para a versão customizada do produto do cliente. As correções levam semanas ou meses para serem concluídas.

Acrescentar customizações por site de manufatura

Para adicionar ainda mais complexidade, uma única empresa pode, na verdade, ter vários sites (fábricas/instalações) que exigem customização específica para cada um.

processo de atualização
Atualizações de produtos MES com customizações específicas por site (fábrica/instalação)

Sempre que uma nova atualização de produto estiver disponível, o representante do fornecedor precisará fornecer um lote customizado para cada uma das versões customizadas do produto do cliente. As correções levam de um a dois meses para serem concluídas.

Impactos da abordagem MES

Essa abordagem MES vem com muitas desvantagens e dores de cabeça.

Atraído por novas atualizações de produto, uma empresa pode querer se juntar novamente à versão do produto principal e concluir um grande projeto de atualização. Cansado de tentar manter várias versões do mesmo produto, a empresa tentará adotar apenas uma versão e cada site afirmará que sua customização é a melhor.

Para cada atualização de código, uma etapa de validação é necessária para provar que o sistema opera como deveria. Com as complicações da atualização, depois que uma atualização do produto do fornecedor estiver disponível, o site não poderá ver as atualizações mais recentes por meses.

A maneira da Tulip – configuração da plataforma

A plataforma de operações sem necessidade de programação (no-code) da Tulip lida com a adaptação da solução de maneira um pouco diferente. Conforme mencionado anteriormente, a Tulip não fornece customizações de produtos para cada um de seus clientes. Em vez disso, a plataforma sem necessidade de programação da Tulip é configurável e você pode atualizar a interface, estrutura de dados, gatilhos, conexões etc. por conta própria − ou com uma pequena ajuda da Tulip ou de um parceiro da Tulip, como a Konitech no Brasil. A Tulip também é uma plataforma nativa na nuvem, que pode ser implantada com AWS, Azure ou AWS GovCloud.

O que isso significa, sob o ponto de vista da atualização, é que as atualizações da plataforma são incrivelmente simples e rápidas. Se sua empresa prefere atualizações de plataforma quinzenais, você pode ver novos recursos e correções de bugs automaticamente. A Tulip também oferece versões de suporte de longo prazo 2 a 3 vezes por ano para clientes que preferem ter mais controle sobre quando fazem a atualização. Em cada caso, você poderá permanecer na versão principal da plataforma e obter os recursos e correções de bugs mais recentes sem interromper suas configurações.

processo de atualização
Atualizações da plataforma da Tulip

Se você ou algum cliente da Tulip precisar de uma correção, a Tulip poderá fornecer um ponto de liberação dentro de alguns dias. Esta atualização está disponível para qualquer cliente que desejar. E não há risco de esperar, pois as correções são acumuladas na versão principal da plataforma para a próxima versão completa.

Impactos da abordagem da Tulip

A Tulip pode entregar correções em horas ou dias. Para mudanças que envolvem customizar a solução, você poderá fazer as mudanças internamente, sem depender do fornecedor ou de um integrador.

A Tulip permite uma abordagem de validação mais simples a cada atualização. A Tulip tem um QMS (Quality Management System ou em português, sistema de gestão da qualidade) auditável e fornece uma versão da plataforma totalmente validada a cada 6 meses. Os aplicativos criados com base nas necessidades de negócios do cliente são considerados configuração no contexto de validação e são em si a documentação do MBR (Master Boot Record, em português Registro Mestre de Inicialização). Os MBRs são controlados por versão e acessíveis dentro da Tulip. Os aplicativos, quando executados, geram um registro de histórico totalmente compatível, totalmente digital e vinculado à versão MBR.

Vantagens adicionais da Tulip

Os MES fornecem uma solução para um subconjunto dos problemas que a Tulip ajuda as empresas a resolver.

A plataforma de operações de linha de frente da Tulip oferece uma solução que pode abordar mais casos de uso, incluindo instruções de trabalho, livros de registro, relatórios de qualidade, manufatura enxuta e muito mais. Veja a Biblioteca da Tulip de aplicativos, modelos e conectores.

processo de atualização
(Obs: A plataforma da Tulip pode ser configurada em português)

A plataforma da Tulip pode coletar mais informações do que apenas de máquinas e sensores, incluindo seres humanos, disparadores de câmeras e dispositivos. Dê aos seus dados de produção mais contexto e tenha uma imagem mais holística. Esses dados são acessíveis para aqueles que têm a permissão correta para vê-los e você pode criar painéis em tempo real das principais métricas com análises poderosas integradas.

A Tulip é fácil de atualizar e o editor de aplicativos sem necessidade de programação torna mais fácil para as empresas possuírem seus sistemas, em vez de depender de fornecedores e integradores para fazer alterações simples.

Para saber mais sobre a Tulip, clique aqui para agendar uma demonstração!

Fonte: Tulip

E-BOOK

Augmented Worker

Potencializando as Pessoas na Indústria 4.0

Este guia apresentará o aprimoramento da manufatura – as novas tecnologias, seus casos de uso e seus princípios. Definiremos o que significa extensão no contexto da manufatura, explicaremos por que a manufatura precisa ser aprimorada agora e avaliaremos as diferentes tecnologias e aplicações que estão ampliando a atividade dos trabalhadores no chão de fábrica, no cenário atual.

Deixe uma resposta

× Como posso te ajudar?