fbpx
Novos recursos de monitoramento de máquinas

Por John Klaess

No último ano, a Tulip ofereceu aplicativos de monitoramento de máquinas para melhorar a coleta de dados no chão de fábrica.

O Monitoramento de Máquinas foi um complemento perfeito para nossos aplicativos centrados no ser humano, oferecendo às empresas manufatureiras uma maneira de contextualizar o desempenho das máquinas em processos industriais completos.

Agora, temos o prazer de anunciar a próxima etapa da nossa oferta de monitoramento de máquinas com o lançamento de novos recursos e capacidades.

Por que atualizamos o monitoramento das máquinas

Nossos novos recursos e aprimoramentos de monitoramento de máquinas são orientados por alguns objetivos principais:

  1. Melhorar a configurabilidade para obter soluções de monitoramento de máquinas verdadeiramente personalizadas
  2. Aumentar a integração de dados de máquinas e Apps para obter total visibilidade dos processos
  3. Tornar a coleta de dados mais fácil e robusta, para suportar análises avançadas, como manutenção preditiva
  4. Obter escalonamento contínuo entre departamentos, plantas e áreas geográficas

No decorrer de nosso trabalho com os clientes, descobrimos a necessidade de aplicações de monitoramento de máquinas que se adaptassem às condições exclusivas de cada chão de fábrica. Além disso, confirmamos nossa hipótese inicial de que o monitoramento de máquinas é mais eficaz quando: 1) é responsável pelo uso das máquinas nos processos com elementos humanos e mecânicos significativos; e 2) é facilmente escalável de uma máquina para 5 a 500.

Nossos novos recursos tornam isso uma realidade para empresas de todos os tamanhos.

Novos recursos para monitoramento de máquinas

Além do desempenho aprimorado em geral, eis o que você pode esperar do monitoramento de máquinas com a Tulip.

Normalização de fonte para tipos e atributos de máquina personalizados

Com o monitoramento de máquinas da Tulip, você define tipos específicos de máquinas para capturar os dados mais importantes para você.

Novos recursos de monitoramento de máquinas
Com a Tulip, você pode definir atributos personalizados e agrupá-los para criar tipos de máquinas consistentes. Aqui está uma lista de exemplos de atributos, bem como o tipo de variável que eles representam.

Tipo de máquina é uma coleção de atributos − ou pares de nome/valor. Cada instância de um tipo conecta um atributo a uma fonte específica de dados. Isso facilita significativamente o dimensionamento e a padronização das operações.

Por exemplo, "velocidade do fuso" é um atributo numérico que será mapeado para um nó específico em um OPC/UA para uma máquina configurada. Todo tipo de máquina que usar o atributo "velocidade do fuso" o implementará de forma idêntica, evitando discrepâncias de formatação como "VelocidadeDoFuso" e abreviações ad hoc como "Veloc.fuso".

Isso possibilita que os usuários normalizem as definições de uma máquina para obter acesso otimizado às análises. Permite expandir soluções sem esforço em suas operações.

Máquinas com situações personalizadas

O monitoramento de máquinas da Tulip oferece a capacidade de projetar situações personalizadas da máquina. Na prática, isso significa que você pode definir situações personalizadas da máquina com base nas alterações dos atributos dela.

Novos recursos de monitoramento de máquinas
Agora você pode definir situações personalizadas das máquinas. Para mostrar o que queremos dizer com isso, usamos um forno como exemplo.

Por exemplo, um engenheiro que supervisiona um departamento de CNCs pode querer considerar que as máquinas estão FUNCIONANDO se a velocidade do fuso estiver acima de 10, OCIOSAS se estiver acima de 1 e, em todos os outros casos, considerar que elas NÃO ESTÃO FUNCIONANDO.

Outro engenheiro pode querer dados mais granulares sobre a situação delas. Nesse caso, ele poderia adicionar estados chamados "Muito lento", "Fora da norma do programa", ou "Taxa de avanço (Feedrate) acima do limiar" para corresponder às faixas de velocidade do fuso definidas de maneira personalizada.

Essas situações podem ser vinculadas a gatilhos, atributos personalizados das máquinas e outros apps, fornecendo exatamente as informações necessárias para que você tome as decisões mais bem informadas.

Novos recursos de monitoramento de máquinas
Como funciona o monitoramento das máquinas com a Tulip.

Integração de dados das máquinas com Apps

Cada novo recurso funciona com a infraestrutura existente das Tabelas da Tulip.

Toda mudança de situação faz uma nova linha ser inserida na tabela para esse tipo de máquina. Isso permite que os usuários usem os mesmos recursos que construímos para tabelas para adicionar dados personalizados anotados aos dados históricos da máquina.

Você pode adicionar uma coluna “contagem de peças”, ou tempo de inatividade às suas tabelas. Usando aplicativos e MMV2 juntos, você poderá definir exatamente como os gatilhos com Apps podem anexar esses dados aos registros do histórico das máquinas.

Essa integração de dados permite identificar as causas principais para, com precisão, descobrir novas oportunidades de melhorias.

Dados significativos prontos para uso

Depois que um usuário configurar uma máquina, a plataforma disponibilizará esses dados sem a necessidade de configurar painéis personalizados.

As mesmas visualizações instantâneas da situação e da linha do tempo também poderão ser incorporadas a painéis e Apps para casos de uso personalizados deles.

Novos recursos de monitoramento de máquinas
Nós expandimos os recursos e integrações disponíveis para o monitoramento das máquinas. Com a Tulip, você obtém dados significativos imediatamente.

Como começar

Todos os novos recursos já estão disponíveis. Para descobrir como o monitoramento de máquinas com a Tulip transformará a maneira como você coleta dados no chão de fábrica, entre em contato conosco hoje mesmo. A Konitech comercializa as soluções da Tulip no Brasil com exclusividade.

Fonte: Tulip

TREINAMENTOS

Workshop Prático de Indústria 4.0 e IIOT

O workshop visa apresentar como os conceitos de Indústria 4.0 e IIOT podem ser aplicados na prática, por profissionais da indústria, sem necessidade de conhecimento ou experiência prévia em tecnologias de automação e informação. Os participantes poderão colocar em prática os conceitos criando seus próprios aplicativos para manufatura.

Deixe uma resposta

× Como posso te ajudar?