fbpx
Imagem mostrando a tela do software da Tulip que está rastreando e visualizando parâmetros sobre a condição das máquinas em tempo real para melhorar a OEE

Por John Klaess

O que é o monitoramento das condições?

O monitoramento das condições é uma técnica para rastrear a saúde e o desempenho de uma máquina ao longo do tempo. Com o monitoramento das condições, as empresas manufatureiras medem parâmetros como temperatura, corrente elétrica, vibração e RPM em relação aos limites definidos para identificar sinais de degradação.

O monitoramento das condições é uma ferramenta importante do kit de ferramentas de melhoria contínua, e há muitos benefícios de rastrear as condições das máquinas em tempo real. Você pode evitar o tempo de inatividade não programado, adaptar os agendamentos de manutenção preventiva às demandas de uso em suas operações e coletar os dados necessários para fazer uma manutenção preditiva e de diagnóstico. Em resumo, o monitoramento das condições é uma maneira fácil de melhorar a OEE e o OPE em suas instalações.

Quais condições você pode monitorar?

Parte do motivo pelo qual o monitoramento das condições é uma técnica tão eficaz é porque ela pode ser aplicada a uma ampla variedade de cenários. O que você mede depende dos ativos existentes em suas fábricas e dos tipos de dados que serão mais úteis para suas operações.

Muitas empresas medem a corrente elétrica e a tensão (voltagem) que se deslocam através de seus transformadores para entender com que eficiência seus ativos consomem energia.

melhorar a OEE
Rastreando e visualizando parâmetros sobre a condição das máquinas em tempo real

Outros medem a temperatura do óleo para rastrear se uma máquina está resfriando efetivamente, ou medem a temperatura da superfície externa para ver se o calor está se dissipando conforme o esperado.

As empresas que dependem de motores também podem medir o nível de vibração para garantir que os componentes rotativos estejam adequadamente equilibrados e não contribuam para a degradação prematura de outras peças.

Esta é uma lista parcial e o que você mede depende das perguntas que deseja responder.

Equipamento necessário para iniciar o monitoramento das condições

É fácil começar um programa de monitoramento das condições das máquinas. A maioria das condições pode ser facilmente medida por sensores que têm preços acessíveis. Geralmente, eles são montados diretamente em um ativo e conectados à infraestrutura de coleta de dados de uma fábrica para rastrear parâmetros importantes sobre as condições desse ativo.

Monitoramento remoto usando a IoT

O advento da Internet das Coisas Industrial tornou possível monitorar as condições das máquinas sem estar fisicamente presente durante o tempo de atividade. Com a IoT, os sensores comunicam os dados que gravam nos espaços de armazenamento designados. Se um parâmetro exceder um determinado limite, o sistema poderá enviar um alerta ao especialista responsável.

Além disso, os painéis de análise podem exibir esses dados em tempo real, permitindo que engenheiros e operadores visualizem aspectos sobre condições anteriormente invisíveis no chão de fábrica.

Usando dados para fazer uma manutenção baseada em condições

O valor real de um programa de monitoramento de máquinas ocorre quando você puder rastrear muitas condições simultaneamente.

Esses dados permitem isolar as causas que estão na raiz dos problemas e evitam falhas desnecessárias, fornecendo uma visão completa da integridade dos ativos ao longo do tempo.

Você pode não apenas planejar programações de manutenção em resposta aos limites de integridade e desempenho designados. Você também pode revisar esses limites com base no uso das máquinas em suas operações.

Talvez você trabalhe em uma instalação quente e úmida. As máquinas podem se degradar mais rapidamente e precisar de manutenção mais frequente. Talvez suas máquinas não precisem de manutenção com a frequência prescrita. Através do monitoramento das condições, você poderá adaptar suas agendas ao desempenho real, maximizando o tempo de atividade e evitando gastos desnecessários (aqui, o exemplo clássico é trocar o óleo do motor de um carro a cada 5.000 km, em vez de quando ele precisar ser trocado).

Está gostando desse post? Então, assine a nossa newsletter!

Mudando para uma manutenção preditiva

Escrevemos antes que a manutenção preditiva − uma meta almejada por muitas empresas durante a Indústria 4.0 − é impossível sem dados históricos granulares e bem estruturados.

O monitoramento das condições é um ponto essencial de onde começar para as empresas que estiverem interessadas em usar algoritmos preditivos para otimizar seus agendamentos de treinamento. Sem dados adequados − dados que forneçam uma imagem suficientemente completa sobre o que a machine learning e a AI deduzirem sobre a causa dos problemas − a AI mais sofisticada do mundo não será capaz de ajudar.

O importante é começar logo e criar uma infraestrutura sólida que permita capturar os dados das máquinas mais completos possíveis.

Você está curioso sobre como poderá começar a monitorar as condições de suas operações? Inscreva-se no nosso workshop abaixo para aprender como tirar o máximo proveito do monitoramento de suas máquinas.

Fonte: Tulip

TREINAMENTOS

Workshop Prático de Indústria 4.0 e IIOT

O workshop visa apresentar como os conceitos de Indústria 4.0 e IIOT podem ser aplicados na prática, por profissionais da indústria, sem necessidade de conhecimento ou experiência prévia em tecnologias de automação e informação. Os participantes poderão colocar em prática os conceitos criando seus próprios aplicativos para manufatura.

Deixe uma resposta

× Como posso te ajudar?