fbpx
throughput

Por Jenna Koo

O que é o throughput?

Throughput é a quantidade de produto que uma empresa pode produzir e entregar a um cliente dentro de um determinado prazo. Geralmente, isto é entendido como a taxa na qual o trabalho é feito e a quantidade de bens produzidos durante a operação de uma máquina.

Throughput é um KPI de manufatura testado e comprovado, porque permite que as empresas rastreiem a produção em relação à capacidade e à demanda.

Ele também é importante porque um baixo throughput reduz diretamente os lucros.

Por que um throughput é mais baixo do que poderia ser?

Pode ser difícil diagnosticar se suas operações estão realmente funcionando na sua plena capacidade ou não. Sem visibilidade, é ainda mais difícil determinar exatamente por que o throughput está baixo.

Então, exatamente o que está impedindo que suas operações atinjam esse seu potencial?

Alguns gargalos comuns podem alterar o ritmo de produção de várias maneiras. Ajuda começar por:

  • Ativos com problemas de transferência não identificados podem criar problemas a jusante;
  • Colaboradores ineficientes podem cometer erros de produção e causar tempo de inatividade;
  • Fluxos de trabalho feitos em papel podem levar a uma execução lenta;
  • Problemas na cadeia de abastecimento impactam a produção.

Tudo isso pode desalinhar as sequências de produção e diminuir a taxa de conclusão do trabalho. Se você estiver procurando uma causa raiz, essas ineficiências são um bom ponto de partida.

Portanto, como você aborda essas causas de baixo throughput?

Como aumentar o throughput com dados históricos e em tempo real

A visibilidade sobre a produção é a chave para aumentar o throughput.

Se você não conseguir identificar a fonte de um gargalo, você não poderá conserta-lo. Se você não for capaz de identificar exatamente onde e por que a produção está saindo do equilíbrio, suas linhas nunca produzirão na sua plena capacidade.

É por isso que é essencial coletar dados sobre a produção em tempo real, que poderão servir como uma fonte de verdade.

A maneira mais eficiente de coletar dados é coletá-los exatamente onde eles são gerados. Ao digitalizar seu chão de fábrica e colocar suas máquinas online, você poderá acessar facilmente as principais métricas de desempenho no chão de fábrica.

A seguir, veja algumas maneiras de coletar dados:

1) Monitoramento de máquinas

O monitoramento das máquinas ajuda a contextualizar o desempenho delas em tempo real dentro de processos industriais complexos. Você poderá medir o tempo de atividade, o tempo de inatividade e o tempo ocioso, e é uma das maneiras mais fáceis de calcular OEE versus OPE.

Os aplicativos de monitoramento de máquinas ajudam a identificar se você tem ou não oportunidades para aumentar o throughput (estes aplicativos podem ser configurados em português).

Os dados coletados do monitoramento dos seus ativos poderão ajuda-lo a aumentar o throughput de duas maneiras:

  1. Você poderá resolver problemas ali mesmo, através das pessoas que são responsáveis por eles.
  2. No longo prazo, você poderá identificar gargalos através da identificação de anomalias que emergem consistentemente.

2) Instruções de trabalho

As instruções de trabalho guiadas podem ajudar a garantir que as tarefas gerais e as trocas sejam feitas corretamente.

Você poderá não apenas coletar dados sobre o desempenho dos colaboradores, como também ficar à prova de erros no processo de produção, incorporando fotos e vídeos, conectando-se a dispositivos IoT e capturando imagens para confirmar o trabalho correto. Dessa forma, você poderá garantir que as trocas e outros processos confidenciais sejam sempre executados de acordo com o padrão.

As instruções de trabalho digitais poderão aumentar o throughput, ajudando sua equipe a fazer o trabalho certo na primeira vez e evitar a ocorrência de erros de produção (é possível registrar as instruções de trabalho em português).

3) Tempo dos ciclos de captura

Os tempos dos ciclos ajudam a entender qual processo, do início ao fim, demorou mais e quais foram suas causas básicas. Mirando essas causas raiz, você, por sua vez, será capaz de reduzir o tempo dos ciclos e, portanto, aumentar o throughput.

Os painéis de produção poderão ajuda-lo a rastrear o tempo dos ciclos, para identificar a origem do baixo throughput (estes painéis podem ser configurados em português).

4) Controle da produção através de um Scorecard por hora

Se você identificar áreas onde o throughput for um problema, é importante ser capaz de corrigir isto rapidamente. Os scorecards por hora ajudam a visualizar quais linhas, células e ativos estão funcionando conforme o esperado e quais podem precisar de atenção.

Os cartões de pontuação (scorecards) por hora são uma ótima maneira de rastrear a produção em relação ás metas em tempo real.

Os benefícios de coletar dados digitalmente

Existem inúmeros benefícios de coletar dados digitalmente. Mas, para escolher alguns, há acessibilidade, usabilidade e legibilidade de dados.

Os dados digitais permitem que toda a organização tenha acesso imediato às principais métricas de produção. Quer essa pessoa seja um colaborador de fábrica, um operador ou um gerente, os dados ficam disponíveis para todos.

Isso leva à usabilidade dos dados digitais. Como os dados digitais são muito mais fáceis de classificar, categorizar e analisar, a velocidade com que você poderá processar os dados é muito mais rápida do que ocorre com os dados registrados manualmente.

Por último, mas não menos importante, os dados digitais ficam disponíveis para todos. E como os dados podem ser registrados de forma consistente e de alta qualidade, isso incentiva os colaboradores a fazerem registros com maior detalhe.

Conclusões

Diagnosticar a causa raiz do baixo throughput pode ser um desafio, que será ainda maior, se você não tiver os dados certos.

A maneira mais fácil de começar a coletar esses dados é colocar suas operações online.

Se você quiser entender quais gargalos o estão impedindo de aumentar seu throughput, entre em contato conosco agora mesmo aqui ou comece com nosso teste gratuito de 30 dias da Tulip.

Fonte: Tulip

E-BOOK

Augmented Worker

Potencializando as Pessoas na Indústria 4.0

Este guia apresentará o aprimoramento da manufatura – as novas tecnologias, seus casos de uso e seus princípios. Definiremos o que significa extensão no contexto da manufatura, explicaremos por que a manufatura precisa ser aprimorada agora e avaliaremos as diferentes tecnologias e aplicações que estão ampliando a atividade dos trabalhadores no chão de fábrica, no cenário atual.
× Como posso te ajudar?